Publicação / Tudo como Dantes, no quartel de Abrantes

Tudo como Dantes, no quartel de Abrantes


Quem esperava mudanças com a intervenção está meio decepcionado, nada mudou, a polícia agora está realmente caçando bandido, mas na economia continuamos os mesmos, somos o pior Estado da federação. Quase todos os Estados estão com sua economia em alta, porém 5 Estados ainda sobrevivem na baixa, e dentre todos o Rio tem o pior rendimento.

Aí você me pergunta, mais os salários já estão em dia? Se o povo voltou a consumir, as coisas mudam, o crescimento tem de estar de volta? Não, umas 250 mil pessoas não receberam seu 13º de 2017, e 160 mil não receberam o salário de janeiro, a fome é uma realidade que o servidor continua a conviver. Se na segurança a intervenção ainda não trouxe a devida paz, a economia sem intervenção continua em queda.

O governo não mudou, as práticas continuam as mesmas, surgiu até uma reportagem dizendo que o Estado lucra com as isenções fiscais, um verdadeiro milagre, como ter dinheiro se o Rio deixa de arrecadar.

Como o preço do petróleo voltou a subir, o Rio voltou a facilitar as isenções fiscais, só esqueceu que agora não temos mais o bolo apenas uma fatia dos royalties. Então para manter os salários em dia, agora que a CEDAE se foi, vamos antecipar receitas dos royalties, e o próximo governador que sobreviva sem arrecadar, sem ter royalties a receber, sem poder fazer nada.

Mas Pezão pode ser o primeiro governador eleito, a ser punido pela Lava Jato, e o povo está torcendo por isso. Pode ser a verdadeira salvação do Rio.

A Temeridade sonha em continuar, mas neste ponto, eu tenho certeza que o povo não elege, em um cartaz ele é apresentado como aquele que domou a inflação, que inflação??? Em tempos de recessão onde ninguém consome, a inflação vive em baixa. Aquele que superou a crise, faz festa por 80 mil empregados contra os quase 13 milhões de desempregados. O mundo gira e o político não muda.

Lembra da foto de uma loja que se alugava sem luvas em novembro do ano passado, pois é semana passada passei pelo local, e seu proprietário ainda quer alugar sem luvas. E a foto de um barco, em um pequeno estaleiro fazendo água feita no início de 2017, pois é o barco voltou a flutuar, no entanto voltou a fazer água, e agora tem outros barcos esperando verba para se consertar.



Para terminar este artigo faço uma denúncia, como o título diz, continua tudo como antes, e a maior prova é que os políticos não mudam. Muita gente está perdendo tempo discutindo quem é melhor se a esquerda, ou a direita, na verdade o povo é que se ilude e vive dando margem para que o mal político continue no poder. Em meio uma campanha para que cada um fale o que quer para o futuro do Brasil, e que na realidade só vai dar margem para que o político continue a falar o que o povo quer ouvir. Eu acho que independentemente de você achar que ele fala para você ou não, o que importa é a sua escolha, a sua decisão, que em outubro você vai colocar na urna.

Só que os políticos ainda tentam de tudo para influenciar seu voto, outro dia estive em Miguel Pereira e um outdoor me chamou atenção era um oferecimento de óculos grátis para o povo, como este outdoor ao lado de um outro de uma igreja evangélica, achei que era coisa da igreja. Na última sexta ouvi um carro de som na rua, era o fim de uma mensagem que eu não tinha ouvido na integra, mas no fim falava de uma união entre um deputado estadual e um vereador. No dia seguinte eu vi o oferecimento de exame de vista, para quem quiser receber um óculos de graça.

Isso é o poder do dinheiro fazendo pressão sobre a escolha das pessoas, isso é crime eleitoral, como não tenho um registro com o nome dois, ou a gravação do carro de som, mostro a foto de onde se fazia os exames para a confecção dos óculos, sem citar os culpados, mas em uma outra ocasião vou registrar, e levar tudo para o TRE.


Quadra do Marmita – Jardim Leal – Duque de Caxias, a fila para fazer o exame, e se ter um óculos de graça.

Quando não se tem emprego, quando não se tem o que comer, óculos de graça, bolsa família e outras benesses só servem para fazer com que o necessitado tenha simpatia por quem lhe estende a mão. Mão esta, que lhe toma a educação, a saúde, a segurança, e sua mobilidade. Infelizmente para um povo sem futuro, sem esperança, e sem capacidade de reagir, qualquer migalha basta. Se o povo quiser mais do que migalhas tem de escolher e votar sem se influenciar por eventos como o dos óculos de graça.

Quero a ética de volta na política, quero pessoas boas em cargos públicos, e vou escolher muito bem meus candidatos em todos os cargos, em outubro desde ano. E gostaria muito que o povo pensasse muito antes de escolher os seus representantes.

Carlos Senna Jr

MTB 32447/RJ

carlossennajrjornalista@gmail.com

Postado em 5 de Março de 2018 as 19:03




Sr. Deputados, em 2018, lembrarei do seu voto durante a crise, para escolher o meu voto.

Uma oportuinidade única, assine para tirar do poder Pezão e Dornelles, é a hora do povo exprimir sua vontade. Chega de corrupção, chega de calamidades, chega de compreender, quem trabalha tem de receber seu salário. Assine
Muspe © 2017 - Design by : REALIDADE Virtual