Publicação / ALÔ PM, Choque, e Bope….

ALÔ PM, Choque, e Bope….

ALÔ PM, Choque, e BOPE, A vida ensina.

Enquanto no Rio o Choque está recebendo um por fora para dar tiro, porrada, e bomba nos servidores que estão reclamando pelo mês trabalhado sem receber os devidos vencimentos. E contra o Pacote de Maldades versão 2017, que no futuro vai deixar a todos, inclusive o Choque, recebendo menos.

Em Pernambuco, PMs e bombeiros saíram as ruas juntos, sem tiro, porrada e bomba, marcharam pelo centro do Recife, e conseguiram um aumento entre 25% a 40%. É bom lembrar que lá o salário está em dia, como na maioria dos Estados brasileiros.

Leiam trecho da matéria do G1:

 

Após negociações, PE anuncia reajuste salarial de 25% a 40% para PMs e bombeiros

Correções salariais serão aplicadas em maio de 2017 e nos meses de abril e dezembro de 2018. Proposta será encaminhada à Assembleia Legislativa de Pernambuco na segunda

 

De acordo com o subcomandante-geral da PM, Adalberto Ferreira, a medida deve corresponder às expectativas dos profissionais. “A gente acredita que as conquistas foram boas, positivas, e esses números vão ter um reflexo positivo dentro da Polícia Militar”, pontuou. Em 2017, o reajuste representa um acréscimo de R$ 303 milhões na folha de pagamento da administração estadual.

O percentual de aumento para os cargos de graduados, praças e oficiais gira em torno de 25%”, explica o comandante. Para o cargo de soldado, por exemplo, o atual salário de R$ 3.219,88 passa a ser de R$ 3.549,68 em maio deste ano. Em abril de 2018, a remuneração será de R$ 3.724,84 e, em dezembro, o salário passa por uma nova correção e chega a R$ 4.104,88.

O percentual de 40% é válido para os postos de subtenente e coronel, que, em maio de 2017, passam a receber, respectivamente, R$ 6.783,26 e R$ 17.953,00. No mês de abril de 2018, as remunerações dos subtenentes sobem para R$ 8.145,60. Os coronéis, por sua vez, passam a ganhar R$ 22.365,77. Em dezembro de 2018, uma nova correção eleva os salários dos dois postos para R$ 8.823,00 e R$ 23.238,00, respectivamente.

A proposta do governo inclui, ainda, a ampliação de 300 vagas no cargo de subtenentes. “Hoje, nós temos 182 subtenentes na Polícia Militar. Com essa abertura para a promoção de 300 pessoas, teremos, a partir de 6 de março, 382 profissionais ocupando esse cargo. No ano que vem, esse número sobe para 482”, afirma o subcomandante da PM, Adalberto Ferreira.

Por Marina Meireles, G1 PE

03/02/2017 21h31

Link da matéria:

http://g1.globo.com/pernambuco/noticia/apos-negociacoes-governo-de-pe-anuncia-reajuste-salarial-de-25-a-40-para-pms-e-bombeiros.ghtml

 

Receber uma merrequinha para bater em outro servidor, que está lutando para que todos, inclusive o seu agressor, e para que todos não virem escravos do sistema, pode parecer algo interessante hoje, mas se todos ficarem unidos, contra um governo que tem só 2% de aprovação, no futuro pode render um tratamento digno, com aumento salarial. Em Pernambuco não tem tanta isenção fiscal como no Rio.

Aproveita, e faça aquilo, que todos têm vontade, assine o manifesto de apoio ao pedido de impeachment do Pezão, quanto mais gente assinar melhor, temos de provar ao mundo que o governo do Rio não tem mais condições de continuar.

 

http://www.institutoamigosdaweb.org/fora.html

E aí, vai continuar a votar nestas pessoas?????

Lembrando o militar tem direito de escolher em quem votar, sem a obrigação de obedecer ordens neste sentido.

Informe:

Carlos Senna Jr

MTE 32447/RJ

carlossennajr@yahoo.com.br

Postado em 5 de Fevereiro de 2017 as 03:02




Sr. Deputados, em 2018, lembrarei do seu voto durante a crise, para escolher o meu voto.

Uma oportuinidade única, assine para tirar do poder Pezão e Dornelles, é a hora do povo exprimir sua vontade. Chega de corrupção, chega de calamidades, chega de compreender, quem trabalha tem de receber seu salário. Assine
Muspe © 2017 - Design by : REALIDADE Virtual